QUEM FOI SAMAEL AUN WEOR

Queremos destacar, que este espaço gnóstico, apresenta-se como uma séria alternativa para compreender e solucionar a considerável maioria dos problemas humanos.

Estamos agora em pleno início do século XXI. Nestes tempos, tudo muda vertiginosamente. Comprovamos que nada é permanente e que tudo é ilusão. Todo o câmbio, toda a mudança é exterior e estamos carentes, muito necessitados de mudanças interiores.

Tecnologicamente, o homem realizou grandes conquistas. Interiormente, tudo segue igual. A sociedade do Terceiro Milénio não tem muita diferença com a das cavernas: sua violência e agressividade são iguais, a diferença está na sofisticação das suas armas.

O homem moderno está aprisionado na armadilha da "Síndrome do Medo" e da insegurança, acentuado pelas mudanças geopolíticas que transformaram, totalmente, o cenário mundial. Vivemos o período do "vazio existencial". O modelo económico e social que servia de referência desmorona-se como "uma torre fulminada por um raio"...

Nesta época de crises, as pessoas começam a retomar, pressionadas por factores externos, o caminho da mística e da espiritualidade.

Por outro lado, como paradoxo, desde o século passado, adiantando-se a seu tempo, surgiu um Iluminado: Samael Aun Weor. Esse Hierofante foi o "mensageiro" da Gnose Moderna. Escreveu mais de 60 livros através dos quais desvelou os Mistérios Maiores. ´

Os pilares de sua doutrina libertadora se fundamentam na Revolução Psicológica e na Sexualidade Transcendente. É importante destacar que Samael trabalhou profundamente na transformação social da humanidade.

A equipa deste espaço gnóstico optou por apresentar ao V.M. Samael, Sublime integrante da Loja Branca, de uma maneira diferente.

Por isso diremos que o corpo físico no qual se encarnou Samael - como Força Libertadora de Deus - nasceu no planeta Terra. Não podemos limitar nenhum ser de luz a uma região ou país porque todo iluminado vai mais além das fronteiras criadas pelos homens.

Destacamos que Samael Aun Weor foi o Grande Mestre Gnóstico do Século XX! Uma frase muito popular diz:

Pelos seus frutos os conhecereis…