O PACTO DO MATRIMÓNIO

 

 

O matrimónio na vigente lei tem como nota característica a igualdade entre homem e mulher e confere a cada um no contexto patrimonial, iguais faculdades, direitos e deveres. Marido e mulher devem ajudar-se e respeitar-se mutuamente no sublime interesse da família.

Os cônjuges devem viver juntos, guardar fidelidade e prestar socorro mútuos.

O matrimónio afigura-se como um direito.

Quanto às formas de celebração do matrimónio, existe a forma civil que através de um habilitado em direito leva o evento a cabo, assim como a forma religiosa segundo o direito Canónico.

O matrimónio produz efeitos civis desde a sua celebração, mas para o pleno reconhecimento dos mesmos ?necessária a inscrição legal, registo ou semelhante.

As causas de extinção são as mesmas para todos: quando se dissolve o matrimónio, quando seja declarado nulo, quando judicialmente ?de metade a separação ou quando aos conjugues convenha um regime diferente.

As características gerais do matrimónio são a cumplicidade dos conjugues, a convivência, a fidelidade, etc?/span>

Pois bem, quando estas bases do matrimónio se destabilizam abalam ou acabam, a lei regula-os em distintos contextos: A separação, o divórcio como causa da dissolução do vínculo matrimonial.

 

A aliança matrimonial, pela qual um homem e uma mulher constituem uma intima comunidade de vida e amor, foi fundada e dotada de leis próprias pelo Criador. Pela sua natureza, est?destinado ao bem dos conjugues assim como ?geração e educação dos seus filhos.

O matrimónio fundamenta-se no consentimento dos contraíntes, ou seja, na vontade de se darem mutuamente com o fim de viverem uma aliança fiel e fecunda. Graças ao V. M. Samael podemos compreender na realidade o que ?o matrimónio.

 

O matrimónio perfeito, ?a reunião de dois seres que verdadeiramente sabem amar.

Para que haja verdadeiramente amor, ? necessário que o homem e a mulher se adorem em todos os sete grandes planos cósmicos.

Para que haja amor ?necessário a existência de uma comunhão de almas nas três esferas: pensamento, sentimento e vontade.

Quando os dois seres vibram afins nos seus sentimentos, pensamentos, e vontades, então o Matrimónio Perfeito realiza-se nos sete planos da existência cósmica.

Existem pessoas que se encontram casadas nos planos físicos e etéricos, mas não estão no plano mental, pois cada qual pensa ?sua maneira; a mulher tem uma religião, o marido tem outra, não coincidem em pensamento.

Existem matrimónios afins nos mundos do pensamento e do sentimento, mas absolutamente opostos no mundo da vontade. Esses matrimónios vivem em atrito constante; não são felizes. Existem matrimónios que não chegam sequer ao plano astral; nessas circunstâncias nem sequer existe atracção sexual; estes casamentos são tremendos fracassos. Essa classe de matrimónios fundamentam-se  exclusivamente na fórmula matrimonial.

Algumas pessoas vivem o casamento no plano físico com determinado cônjuge e, no plano mental vivem a vida conjugal com outro cônjuge diferente.

Rara vez se encontra na vida um matrimónio perfeito. Onde existiu o cálculo aritmético não h?amor. Desgraçadamente, na vida moderna, o amor cheira a conta de banco, a mercadoria e celulóide. Naqueles lares onde s?existam somas e subtracções, não existe amor.

Quando o amor sai do coração, dificilmente regressa.

O Amor ?um Menino Muito Esquivo.

O matrimónio que se realiza sem amor, portanto sustentado unicamente em bases económicas ou sociais, ?na realidade um pecado contra o Espírito Santo. Essa classe de matrimónios fracassem inevitavelmente .

Os enamorados, a miúdo confundem o amor com desejo, e o pior da situação ?que acreditam estar enamorados. Consumado o acto sexual, satisfeita a paixão carnal, vem então o desencanto, como terrível realidade.

A paixão confunde-se facilmente com o amor e o amor e o desejo são absolutamente opostos; aquele que verdadeiramente est?enamorado ?capaz de dar a sua última gota de sangue pelo seu amado.

Um matrimónio perfeito ?a união de dois seres que se adoram absolutamente. No amor não existem projectos, nem contas bancárias. Se alguém “mete?no matrimónio projectos e cálculos ?porque não est?enamorado. As pessoas deviam reflectir antes de dar o grande passo. Devemos cuidar-nos da ilusão do desejo; recordemos que a chama do desejo consome a vida e então enfrentaremos a tremenda realidade da morte.

Contempla os olhos do ser que adoras, perde-te na beleza das suas pupilas, mas se queres ser feliz não te deixes levar pelo desejo.

Não confundas, homem enamorado, amor com paixão. Auto-analisa profundamente: ?urgente saber se ela te pertence em espírito; ?indispensável saber se sois completamente afins com ela nos três mundos do pensamento, sentimento e vontade. O adultério ?o resultado cruel de falta de amor. A mulher perfeitamente enamorada, preferia antes a morte que o adultério.

O problema dos pares, dos casais, est?no perder torpe da sua energia sexual. Então, as correntes cósmicas fundem-se nas correntes universais e penetram na alma dos dois seres uma luz sanguínea, as forças luciféricas do mal, o magnetismo fatal.

Então fecham-se as portas do Éden, o amor converte-se em desilusão, vem o desencanto que ?a realidade deste vale de lágrimas.

O acto sexual ?terrível e com justa razão diz o Apocalipse: “Ao que vencer o farei coluna do templo e não sair? mais de lá”. O homem e a mulher, amando-se mutuamente são, verdadeiramente, duas harpas de milagrosa harmonia, num êxtase de glória, aquilo que não se pode definir porque se o definirmos desfigura-se. Isso ?o amor!

As pessoas apenas crêem que o amor ?para perpetuar a espécie; acreditam que o amor ?vulgar prazer carnal, violentos prazeres, ardentes satisfações e insatisfações, etc.

S?quem renuncia a este tipo de psicologia animal consegue ver mais além das paixões e logra descobrir mundos e dimensões na grandeza e majestade disso que se chama amor. Nós sonhamos profundamente, vivemos adormecidos e sonhamos com o amor, mas não temos despertado o amor. Quando o ser humano desperta o amor, se faz consciente do amor, reconhece que sempre sonhou. Então e s?então, descobre o verdadeiro significado do amor.

?urgente renunciar ?nossa Psicologia Tridimensional e aos actos grosseiros, para podermos descobrir o significado do amor na quarta, quinta e sexta dimensões, pois o amor vive em níveis superiores. Quem não renunciar ?sua psicologia tridimensional, jamais descobrir?o verdadeiro significado do amor, porque o amor não tem a sua origem no mundo tridimensional.

Quantas vezes vemos pares dizendo que se adoram; casam, o castelo de cartas cai e eis a triste realidade; aqueles que se creiam enamorados, no fundo, l?bem no fundo, odeiam-se e o fracasso, depois de satisfeito o desejo, ?inevitável. Então s?escutamos, condenações e lágrimas. Onde estava o amor?

Amar quando h?desejo ?impossível!!!

O que o ser humano carrega actualmente ? Sat? O ser humano não sabe amar. S?aqueles que j?encarnaram a sua alma sabem verdadeiramente amar. O que a gente cr?que ?amor ?apenas desejo enganador. O desejo ?uma substância enganadora que se combina subtilmente com a mente e o coração para fazer-nos sentir algo que não sendo amor nos faz crer fisicamente que ?

Como j?dissemos, um dos problemas mais inquietantes desta época ?o problema sexual. Não h?duvida que a sexologia, em si mesma, ?fundamental para qualquer civilização. O ser masculino encontra-se em estado involutivo decadente; abusou do sexo e isso faz-lhe perder o domínio sobre a terra e sobre o universo. O sexo masculino marcha na decadência.

Quando estudamos a energia criadora, a energia sexual ?luz de um Sigmund Freud, o autor da psicanálise, ou de um Carl Jung etc., podemos descobrir com grande assombro, que través da energia criadora ?possível a transformação do ser humano. A mulher tem perfeito domínio sobre a biologia orgânica do varão; por isso pode regener?lo.

A mulher, o que necessita, ?conhecer um pouco mais os mistérios do sexo. Hoje por hoje, o homem não somente se degenerou, como também iniciou processos de degeneração do sexo feminino; meteu a mulher pelo caminho da fornicação e at?da prostituição, motivos mais que suficientes para que a mulher aprenda hoje em dia a cuidar do varão; razões óbvias para que a mulher estude os mistérios do sexo, pois s? assim, poderão os dois iniciar a sua auto-transformação.

As mulheres modernas devem voltar ? sabedoria antiga, começando por educar o varão. O sexo ?sagrado a cem por cento. As mulheres devem ensinar ao varão o amor e o respeito pelo sexo.

Se a mulher actuar assim poder? transformar o mundo de uma forma definitiva.

O matrimónio ?o que de mais importante existe na vida. ?um dos três momentos mais importantes na vida e que são: nascimento, o matrimónio e a morte.

Tanto o homem como a mulher devem entender que a eleição do seu par com base na mera aparência ou flamejante desejo de casamento para não ficar solteiros, ?um absurdo.

Que uma mulher queira fazer do seu homem um par ideal sem o sentir verdadeira e psicologicamente, ?algo inconsciente e vice-versa. Esse não ?o caminho da felicidade matrimonial. No verdadeiro amor não pode haver artifícios de nenhuma espécie.

Assim, deveria pensar-se maduramente, quando se trata de eleger o par com destino a matrimónio.

?indispensável saber sempre agradar, pois cada mulher tem o seu homem e cada homem a sua mulher que lhe pertence por lei. Quando as pessoas solteiras casam por casar, acabam rodeados de dor?/span>

Se todos os seres humanos vivessem enamorados, reinaria a paz, a felicidade, a harmonia e a perfeição ?face da Terra. Quando o par est?realmente enamorado, produzem-se nos organismos transformações maravilhosas.

O homem saiu do Éden acompanhado de sua esposa e deve regressar ao Éden na sua companhia?/span>

Na vida do dia a dia, brigam muitas vezes homem e mulher, brigam por questões insignificantes: o homem diz uma coisa, a mulher outra. Ás vezes sucede que uma palavrita ? suficiente para que um deles reaja. Não sabem controlar-se a si mesmos, não sabem que o lar ?o melhor ginásio psicológico para nos auto-descobrirmos, para ver os nossos defeitos, sim, porque ninguém ?perfeito.

H?que saber amar. Em casa deve reinar sempre a compreensão entre o homem e a mulher. Não deve o homem esperar que a mulher seja perfeita. Tão pouco esperar?a mulher que o seu homem seja um príncipe azul; h?que aceitar as coisas como são e considerar o lar como uma escola onde nos podemos descobrir.

E h?medida que formos eliminando os nossos defeitos psicológicos, a felicidade no lar ir?crescendo, e se um dia nos tocou sofrer muito, no futuro, esse lar se converter?num paraíso.

Nada nasce perfeito; o homem deve convencer-se que a mulher tem os seus defeitos e a mulher deve entender que o homem tem os seus. Se essa compreensão mútua se estabelecer a “lua de mel? permanecer?

Quando um par se casa, deveria entender melhor a psicologia humana. O normal acontecer ?um dos parceiros começar por ferir outro; este reage e fere também: isto ?o princípio da contenda. No fim, podem acabar conciliados e aparentemente a paz regressa, mas talvez não: ?que o ressentimento ficou. Outro dia, mais um conflito, mais um cenário de disputa, de mesquinhice. Resultado: passa o conflito mas fica outro ressentimento. E assim, de atrito em atrito os ressentimentos se avolumam, se amontoam, nascem e a “lua de mel?diminui, se desvanece, at? acabar.

Por último, como a “lua de mel? se foi, ficou o ressentimento de cada lado e se não se divorciam, se continuam unidos, apenas o fazem por um submisso dever ou por paixão animal.

Muitos matrimónios j?nada têm a ver com amor; o amor hoje em dia cheira a gasolina, a celulóide, a contas de banco e a ressentimento.

O mais grave, o erro mais grave que um homem e uma mulher podem cometer ?acabar com a “lua de mel?

discount oakley sunglasses oakley boots clearance oakley crankcase m frame oakley sunglasses standard issue oakley prices oakley singapore oakley frogskins sunglass hut uk oakley crowbar lens change oakley safety glasses oakley stores oakley jupiter squared sunglass hut oakley mens sunglasses oil drum oakley oakley replacement lenses clearance oakley minute oakley sideways brick red oakley mens white sunglasses oakley rx oakley batwolf granite black iridium polarized oakley sunglass pit boss oakley minute machine oakley si belt oakley headquarters inside oakley oil rig oakley backpack icon 2.0 metal hook oakley prescription sunglasses military discount oakley polarized sunglasses vintage oakley eye jacket sunglasses oakley womens apparel oakley si oakley custom jawbones uk oakley shooting glasses amazon oakley jawbone lenses oakley headquarters photos oakley monster pup oakley polarized oakley flak jacket xlj polarized discount oakley frogskins sale uk oakley sticker oakley gascan sale oakley store manager salary oakley thump cheap oakleys oakley holbrook polarized fake oakley australia cheap oakley sunglasses oakley prescription sunglasses discount oakley lanyard oakley sunglass repair oakley sunglass on sale